16 maio 2014

Revisão para o 7º ano

  1. Explique como a Igreja e a nobreza feudal foram atingidas pela aliança entre o rei e a burguesia, durante o período de centralização do poder, no final da Idade Média.
Podemos dizer que na Europa na Baixa Idade Média o processo de centralização do poder caminhou lado a lado com a expansão comercial. Os burgueses apoiaram a centralização monárquica, pois favorecia seus interesses. Assim, a Igreja perdeu o direito de aplicar a justiça e recolher impostos. A nobreza não poderia mais pressionar o rei porque não era mais a base do exército.

  1. Como foi firmada a aliança entre o rei e a burguesia?
No renascimento comercial e urbano, desenvolveu-se um novo grupo social: a burguesia. A descentralização do poder nas mãos dos nobres atrapalhava seus interesses e, por essa razão, este grupo foi o grande apoiador da centralização do poder nas mãos de um rei.  A burguesia pagava impostos e concedia empréstimos ao rei o que permitia a ele organizar um exército, independente dos nobres. O rei, por sua vez, centraliza em suas mãos a autoridade sobre questões como justiça, segurança, impostos, etc.

  1. Explique uma das formas pelas quais as cidades européias (comunas) buscaram tornar-se independentes dos senhores feudais.
Como todas as terras na Europa estavam sob o domínio de algum senhor feudal, as cidades em formação também estavam subordinadas a seu poder e seus interesses, assim para tornar-se independentes dos senhores feudais, as cidades podiam comprar sua liberdade pela aquisição de uma Carta de Franquia, ou através da guerra contra esses senhores feudais.

  1. Uma das formas pela qual as cidades europeias tornavam-se independentes era comprando sua liberdade. Explique qual era a outra forma dessas cidades conquistarem sua independência.
Por meio da guerra, os comerciantes das cidades podiam contratar mercenários (soldados pagos para lutar) e ainda podiam contar com o apoio do rei, para lutar contra o senhor feudal, dono da cidade e conquistar sua independência.

  1. Por que à época das Cruzadas os reis começaram a recuperar novamente seu poder?
Porque os reis lideravam seus vassalos na luta contra os muçulmanos, nas Cruzadas e se reafirmavam como chefes militares, aumentando seu prestígio e poder.

  1. O rei era visto como o protetor de seus dependentes. Como essa ideia reflete os valores políticos e sociais à época da centralização monárquica?
O rei era aquele que aplicava a justiça e a lei, protegendo todos seus súditos.

  1. Porque a consolidação do Estado espanhol só ocorreu após a expulsão dos mouros do reino de Granada?
Granada era o último espaço a ser conquistado dos mouros muçulmanos  na Península Ibérica. Após terem conseguido essa vitória Fernando e Isabel (reis da Espanha) conseguiram unificar seu poder sobre todo o território espanhol.

  1. Que acontecimento dificultou a centralização do poder na França?
A Guerra dos Cem Anos.

  1. Escreva duas características da arte medieval e duas da arte renascentista:
Na arte medieval não havia a noção de perspectiva, as cores eram fortes e brilhantes, já na arte renascentista a perspectiva dá a sensação de profundidade e o trato na utilização das cores, do claro e do escuro, permitem uma sensação de realidade, as representações parecem “de verdade”.

  1. Dentre outras características, o Renascimento foi um movimento humanista. O que significa humanismo?
O ser humano deveria ser valorizado. Os estudos deveriam melhorar o entendimento do mundo e da vida e exaltar a liberdade de iniciativa e a eterna curiosidade dos seres humanos.

  1. Faça uma comparação entre antropocentrismo, relativo à visão de mundo renascentista, e teocentrismo, relativo à visão de mundo medieval.
Teocentrismo medieval: todos os acontecimentos eram explicados pela vontade divina. Visão renascentista: antropocêntrica porque o homem é o centro da capacidade de criação por meio do pensamento especulativo, da arte e da ciência.

  1. Explique quem eram os mecenas e qual sua importância para o Renascimento.
Burgueses que financiavam artistas. Sem o auxílio financeiro dos mecenas muitos artistas e cientistas não teriam condições de desenvolver seus trabalhos.

6 comentários: